MPF terá expediente único de 8h às 16h após retorno do recesso judiciário no Amazonas

MPF terá expediente único de 8h às 16h após retorno do recesso judiciário no Amazonas

A Procuradoria da República no Amazonas (PR/AM) divulgou portaria definindo o horário e as regras de funcionamento dos prédios sede e anexo a partir do dia 7 de janeiro de 2022, após o retorno do recesso judiciário. A jornada de trabalho de sete horas diárias deverá ser cumprida integralmente, no período de 8h às 16h, sendo mantidas as regras referentes às medidas de proteção sanitária para acesso aos prédios da unidade previstas na Portaria PR/AM 136/2021.

De acordo com a Portaria PR/AM 158, de 17 de dezembro de 2021, o horário de atendimento presencial ao público externo será cumprido das 8h às 12h. Após esse período, será mantido, integralmente, o atendimento eletrônico até as 16h, por meio do site www.mpf.mp.br/am/mpf-servicos e do aplicativo MPF Serviços, além do e-mail [email protected]

Qualquer pessoa que precisar acessar os prédios da PR/AM deverá apresentar cartão de vacina comprovando vacinação contra covid-19, estar usando máscara e ter a temperatura aferida pelos agentes de segurança.

O retorno do recesso judiciário marcará, para o MPF, uma nova etapa da retomada do trabalho presencial, observados os indicadores de que a pandemia encontra-se estável, com quedas no número de internações e mortes. Em setembro de 2021, após um longo período em regime de teletrabalho integral, a unidade do Amazonas iniciou a retomada gradual do trabalho presencial em alguns setores, por meio de escalas.

Considerando ainda a nova realidade de trabalho não presencial recentemente regulamentada em toda a instituição, a partir do exercício de 2022, parte dos servidores e membros permanecerá em trabalho remoto, seja em regime híbrido (com dias remotos e dias presenciais), seja em teletrabalho integral. Além de garantir condições para permanecer obedecendo o distanciamento social necessário, a medida também visa atender a necessidade de reduzir despesas com custeio.

Fonte: MPF-AM

Leia mais

Liminar suspende execução de Medição Centralizada da Amazonas Energia

A circunstância de que seja concessionária de serviço público, especialmente na prestação de produto essencial de energia elétrica  da Amazonas Energia, e, na conclusão...

A concessão de Habeas Corpus de ofício pelo TJ/Amazonas exige flagrante ilegalidade na prisão

A concessão de Habeas Corpus de ofício pelo Tribunal exige que seja constatada a flagrante ilegalidade na constrição cautelar daquele que foi privado de...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

TJAM: União Estável proporciona direito a pensão por morte do companheiro sobrevivente

Em matéria de direito previdenciário nos autos do processo...

Diagnóstico unilateral sobre medição de contadores pela Amazonas Energia é vexatório a consumidor

A concessionária de energia elétrica Amazonas Energia não pode...

Últimas

TRF1 diz que cabe ao Poder Público o fornecimento de insumos para terapia com óleo de Cannabis

Óleo derivado da Cannabis deve ser fornecido pelo Poder Público em terapia de uma paciente acometida de doença neurodegenerativa...

Bolsonaro deve se defender em 2 dias da acusação de ter feito campanha antecipada

Na última segunda-feira (17/1), o ministro Alexandre de Moraes, na condição de membro do Tribunal Superior Eleitoral, determinou a citação do...

Em Goiás, mulher que encontrou corpo estranho em molho de tomate será indenizada

Goiás  - O juiz Carlos Gustavo Fernandes de Morais, do Juizado Especial Cível da comarca de Luziânia-GO, condenou a...

Vítima de acidente de trânsito no DF deverá ser indenizada por danos materiais e morais

Distrito FederalJuiz do 1º Juizado Especial Cível de Taguatinga condenou a proprietária e o condutor de um veículo e...