Mario de Mello é eleito vice-presidente de órgão de inteligência dos Tribunais de Contas

Mario de Mello é eleito vice-presidente de órgão de inteligência dos Tribunais de Contas

O presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Mario de Mello foi eleito, por unanimidade, vice-presidente de Desenvolvimento Institucional do Instituto Rui Barbosa, órgão de inteligência dos Tribunais de Contas, que realiza estudos, pesquisas e capacitações das cortes de Contas no Brasil.

A eleição para o cargo aconteceu na manhã desta sexta-feira, em João Pessoa, na Paraíba, entre os 33 associados do Instituto, e o resultado homologado no encerramento II Congresso Internacional dos Tribunais de Contas.

O conselheiro do Amazonas ficará responsável, no biênio 2022-2023, pela vice-presidência de Desenvolvimento Institucional do IRB, dando apoio ao presidente eleito do Instituto, o conselheiro do Tribunal de Contas do Ceará, Edilberto Lima, fomentando ações que englobem diversas áreas dos Tribunais de Contas, como ouvidorias, corregedorias, jurisprudências, bibliotecas, assessorias de comunicação, gestão de TI nos Tribunais, entre outros pontos chaves no funcionamento das Cortes.

Feliz com a confiança depositada pelo colegiado do IRB, o conselheiro Mario de Mello avaliou que a participação do TCE-AM no corpo diretivo do IRB é importantíssima e garante ao Amazonas representatividade nacional nas discussões e no aperfeiçoamento do Controle Externo. As reuniões do colegiado do IRB iniciam em janeiro e seguirão um calendário aprovado pelos conselheiros.

“Fazer parte da administração do IRB representa muito para mim e para o estado do Amazonas. O IRB tem uma tradição de sempre prestigiar a Região Norte. Vai ser algo muito importante, o IRB é o instituto pensante do Tribunais, e me sinto extremamente lisonjeado em participar deste processo e colaborar com o desenvolvimento do Controle Externo nacional”, comentou o novo vice-presidente de Desenvolvimento Institucional do IRB, conselheiro Mario de Mello.

Respeitado no meio jurídico e considerado como a central de conhecimento dos TCs, o IRB tem parcerias na área de inteligência com o Tribunal de Contas da União, Justiça Federal, Ministério Público Federal e Polícia Federal.

Fonte: Asscom TCE-AM

 

Leia mais

Direito à informações é prerrogativa da Defensoria Pública do Amazonas

Ter acesso às informações que são requisitadas dos órgãos públicos é prerrogativa constitucional da Defensoria Pública do Amazonas, mormente porque a Instituição atua na...

Para TJAM, havendo grave comprometimento da ordem pública não há espaço para a liberdade

Célio Domingos da Silva teve pedido de habeas corpus negado pela Desembargadora Carla Maria Santos dos Reis nos autos do processo nº 4004745-35.2021.8.04.0000, mantendo-se...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Diagnóstico unilateral sobre medição de contadores pela Amazonas Energia é vexatório a consumidor

A concessionária de energia elétrica Amazonas Energia não pode...

Homem que ofereceu carona e estuprou adolescente a caminho da escola em Barreirinha-Am é condenado

Nos autos do processo nº0000395-28.2018.8.04.2700, Josinaldo Souza Teixeira recorreu...

Últimas

Pai, madrasta e avó são condenados pelo Conselho de Sentença no TJRO

Terminou em condenação para os três acusados de matar por espancamento e tortura a menina Lauanny Hester Rodrigues, na...

Juiz não está impedido de atuar em processo que tem parte instituição que exerce magistério

A 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) julgou prejudicado o incidente de impedimento de um...

TRF1: É constitucional a fixação de taxa para expedição de ART pelo conselho profissional

A 7ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) decidiu pela legitimidade da fixação de valor da...

STJ mantém prisão de PM acusado pela morte de criança de cinco anos durante patrulhamento no RJ

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Ribeiro Dantas, em decisão monocrática, manteve a prisão do policial militar...