Juízes do Estado do Amazonas devem participar de curso sobre Violência Doméstica

Juízes do Estado do Amazonas devem participar de curso sobre Violência Doméstica

O Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas através da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados – ENFAM, visando a capacitação e o aperfeiçoamento da prestação judiciária dos magistrados e servidores, promoverá curso sobre Violência Doméstica.

A Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados é órgão oficial de treinamento de juízes de direito e juízes federais brasileiros, com o objetivo de regulamentar, autorizar e fiscalizar os cursos oficiais para ingresso, vitaliciamento e  promoção na carreira da magistratura, com previsão na Constituição Federal, que dispõe sobre a necessidade de cursos oficiais de preparação, aperfeiçoamento e promoção de magistrados, constituindo-se em etapa obrigatória do processo de vitaliciamento a participação em curso oficial.

A Corregedoria Geral de Justiça do Amazonas, com o objetivo de promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, bem como proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituição eficaz e responsável, deliberou que seja importante a capacitação e aperfeiçoamento dos magistrados, recomendando a todos os juízes que participem do curso de Violência Doméstica, que ocorrerá no Ambiente Virtual de Aprendizagem-AVA, da Escola Superior da Magistratura do Amazonas, que será realizado nos dias 21/06 a 30/07/2021.

O  tema Violência Doméstica refere-se a compreensão e tomada de medidas contra qualquer ação ou omissão baseada no gênero que cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológica e dano moral ou patrimonial contra a mulher e a família. 

Veja abaixo a recomendação:

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Baixar arquivo [98.18 KB]

 

Leia mais

Provado o latrocínio tentado com o testemunho da vítima do assalto, mantém-se condenação em Manaus

Bruno Tafaréu Gonçalves Figueiredo foi condenado ante a 6ª. Vara Criminal de Manaus por haver tentado a subtração de coisa alheia móvel mediante violência...

Confusão de fundamentos jurídicos impedem conhecimento de Reclamação Constitucional pelo TJAM

Em reclamação constitucional proposta por Maria Ocilene Sena Cruz contra a Segunda Turma Recursal do Juizado Especial Cível do Amazonas, a autora indicou descumprimento...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Professora de Manaus ganha direito a indenização por contrato temporário que excede prazo de 2 anos

Nos autos do processo nº 0665343-39.2019.8.04.0001 que tramitou na...

Gratificação de motorista de viatura Militar no Amazonas se aplica ao soldo, decide Tribunal

Nos autos do processo nº 0244691-47.2011, em julgamento de...

Últimas

TST reconhece natureza salarial do direito de imagem de jogador do Coritiba Foot Ball Club

A Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) do Tribunal Superior do Trabalho reconheceu a natureza salarial da parcela...

TST decide que causas múltiplas de lesão na coluna não afastam direito de empregado à estabilidade

A Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho reconheceu o direito de um auxiliar de produção despedido pela Cimento...

STJ confirma corte de candidata cotista por comissão formada após homologação do concurso

Por considerar válida a aferição das características dos candidatos em cota racial realizada quatro anos após a publicação do...

Provado o latrocínio tentado com o testemunho da vítima do assalto, mantém-se condenação em Manaus

Bruno Tafaréu Gonçalves Figueiredo foi condenado ante a 6ª. Vara Criminal de Manaus por haver tentado a subtração de...