Homem é condenado na Bahia a mais de 32 anos de reclusão por estupro e homicídio

Homem é condenado na Bahia a mais de 32 anos de reclusão por estupro e homicídio

O Tribunal do Júri da Bahia condenou no último dia 20, Damião Monteiro da Cruz condenado a 32 anos e seis meses de reclusão pelos crimes estupro e homicídio cometidos contra Camila Barbosa Cardoso por motico torpe e uso de tortura, sem a possibilidade de defesa. A sentença deverá ser cumprida em regime fechado.

O crime foi cometido no dia 10 de março de 2011, no interior de uma casa em construção, no bairro Santo Antônio em Barreiras. No dia, às 20h, com ajuda de uma terceira pessoa, Damião levou a vítima para a casa em construção, onde praticou os crimes de tortura e estupro contra ela. Camila chegou a ser resgatada por uma pessoa que passou pelo local, foi internada, mas morreu de traumatismo craniano três dias depois em decorrência das agressões.

Fonte: Asscom MPBA

Leia mais

No Amazonas, militar que responde processo não tem direito ao afastamento para reserva remunerada

O Militar que responde inquérito ou processo em qualquer jurisdição não tem direito ao afastamento para a reserva remunerada, assim concluiu o Pleno do...

Violência Doméstica: Homem é condenado pelo TJAM por ameaçar atear fogo em casa

Luís Carlos Moreira Maciel foi condenado ante o juízo da Vara Única de Nova Olinda do Norte após ser julgada procedente ação penal promovida...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Professora de Manaus ganha direito a indenização por contrato temporário que excede prazo de 2 anos

Nos autos do processo nº 0665343-39.2019.8.04.0001 que tramitou na...

Gratificação de motorista de viatura Militar no Amazonas se aplica ao soldo, decide Tribunal

Nos autos do processo nº 0244691-47.2011, em julgamento de...

Últimas

Casal acusado de torturar filha de sete meses tem prisão preventiva decretada no Rio de Janeiro

Rio de Janeiro - Em audiência de custódia realizada no domingo (24/10), a juíza Ariadne Villela Lopes converteu em...

Acusado de espancar idoso em via pública no Distrito Federal é condenado a 37 anos de prisão

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios condenou Gabriel Ferreira de Souza Vidal a 37 anos e...

No Amazonas, militar que responde processo não tem direito ao afastamento para reserva remunerada

O Militar que responde inquérito ou processo em qualquer jurisdição não tem direito ao afastamento para a reserva remunerada,...

Violência Doméstica: Homem é condenado pelo TJAM por ameaçar atear fogo em casa

Luís Carlos Moreira Maciel foi condenado ante o juízo da Vara Única de Nova Olinda do Norte após ser...