Grupo de Monitoramento Carcerário do TJRR visita unidades prisionais em Boa Vista

Grupo de Monitoramento Carcerário do TJRR visita unidades prisionais em Boa Vista

O Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR), por meio do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (GMF), realizou nesta sexta-feira, dia 18, uma visita às unidades do sistema prisional localizadas em Boa Vista. Foram visitadas a Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc), Cadeia Pública Masculina e Cadeia Feminina.

A equipe do GMF, composta pelo supervisor desembargador Almiro Padilha e pelo assessor especial do Grupo, Dagoberto Gonçalves, verificou as áreas e estruturas de atendimentos médicos e hospitalares existentes, alas, alimentação, refeitórios, espaços para banhos de sol, além da estrutura que abriga os servidores da área de segurança pública que atuam nestas unidades, como o suporte administrativo e alojamentos.

A ação, segundo o desembargador e supervisor do Grupo, Almiro Padilha, é importante para que o Poder Judiciário possa acompanhar como os trabalhos estão sendo conduzidos dentro das unidades prisionais.

“A nossa visita foi para verificar a situação. Na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo [Pamc], vamos colocar nossas cabines de videoconferência para dentro da parte murada [mais próximas das alas], para que os reeducandos não tenham que se deslocar de um bloco para o outro para participarem das audiências por videoconferências. Além de fazermos um relatório e encaminhar para o Conselho Nacional de Justiça [CNJ], também vamos interagir com as autoridades locais sobre as melhorias que podem ser implementadas”, destacou o desembargador.

O secretário de Estado da Justiça e Cidadania, André Fernandes Ferreira, apoia a iniciativa e afirma que fiscalizações como estas, são fundamentais para o sistema prisional.  “Isso nos ajuda também a desenvolver um melhor trabalho, trazendo pra cá outras observações que talvez o nosso olhar ainda não tenha alcançado. Isso nos traz um olhar da Justiça nos dizendo aqui o que é necessário melhorar dentro do sistema prisional”, enfatizou o secretário.

GMFS – Os Grupos de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário – GMFs consistem em estruturas dos Tribunais de Justiça e dos Tribunais Regionais Federais responsáveis, dentre outras atribuições, pela monitoração e fiscalização do sistema carcerário e do sistema de execução de medidas socioeducativas em âmbito local.

O Conselho Nacional de Justiça editou a Resolução n. 96/2009, ato que criou os GMFs no âmbito dos Tribunais de Justiça. Os GMFs têm papel fundamental na execução de novas políticas judiciárias destinadas à transformação do sistema prisional e do sistema socioeducativo.

Fonte: TJRR

Leia mais

Provado o latrocínio tentado com o testemunho da vítima do assalto, mantém-se condenação em Manaus

Bruno Tafaréu Gonçalves Figueiredo foi condenado ante a 6ª. Vara Criminal de Manaus por haver tentado a subtração de coisa alheia móvel mediante violência...

Confusão de fundamentos jurídicos impedem conhecimento de Reclamação Constitucional pelo TJAM

Em reclamação constitucional proposta por Maria Ocilene Sena Cruz contra a Segunda Turma Recursal do Juizado Especial Cível do Amazonas, a autora indicou descumprimento...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Professora de Manaus ganha direito a indenização por contrato temporário que excede prazo de 2 anos

Nos autos do processo nº 0665343-39.2019.8.04.0001 que tramitou na...

Gratificação de motorista de viatura Militar no Amazonas se aplica ao soldo, decide Tribunal

Nos autos do processo nº 0244691-47.2011, em julgamento de...

Últimas

TST reconhece natureza salarial do direito de imagem de jogador do Coritiba Foot Ball Club

A Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) do Tribunal Superior do Trabalho reconheceu a natureza salarial da parcela...

TST decide que causas múltiplas de lesão na coluna não afastam direito de empregado à estabilidade

A Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho reconheceu o direito de um auxiliar de produção despedido pela Cimento...

STJ confirma corte de candidata cotista por comissão formada após homologação do concurso

Por considerar válida a aferição das características dos candidatos em cota racial realizada quatro anos após a publicação do...

Provado o latrocínio tentado com o testemunho da vítima do assalto, mantém-se condenação em Manaus

Bruno Tafaréu Gonçalves Figueiredo foi condenado ante a 6ª. Vara Criminal de Manaus por haver tentado a subtração de...