Segurada da AmazonPrev teve pensão garantida à dependente econômico em Manaus

Segurada da AmazonPrev teve pensão garantida à dependente econômico em Manaus

O segurado que contribuiu para a AmazonPrev Fundo Previdenciário do Estado do Amazonas e que teve como dependente, enquanto vivo, filho cuja invalidez restou comprovada, embora maior de idade, gerou direito assegurado e reconhecido, judicialmente, em ter pensão deixada como benefício mesmo que o filho não seja biológico. No caso, a ementa dos autos de nº 069206-47.2013.8.04.0001 sintetizou o feito firmando que “em julgamento de remessa necessária e em matéria de direito previdenciário, julga-se procedente pensão por morte a dependente maior e inválido- cuja invalidez é preexistente ao óbito da segurada”.  Foi Requerente R.F.G, com sentença confirmada pela Relatora Mirza Telma de Oliveira Cunha. 

O Ministério Público do Amazonas atuou no feito e emitiu parecer firmando que ‘ainda que o beneficiário não seja filho biológico, infere-se dos autos que a falecida detinha a guarda judicial do Requerente’. O parecer referiu-se à demonstração da circunstância fática estabelecida no exame dos autos. 

No caso, o beneficiário havia sido inscrito como dependente da segurada para fins previdenciários. Isso teria ocorrido em período em que a legislação previdenciária ainda permitia a concessão de benefício de pensão por morte ao menor sob a guarda e dependência econômica, disse o Procurador de Justiça. 

A decisão do TJAM desembaraçou a lide levada a julgamento confirmando que “em que pese a maioridade do autor, a verdade é que este preencheu os requisitos legais, comprovando a invalidez antes do óbito do segurado, bem como sua dependência econômica em relação à segurada”. Desta forma, foi confirmada a decisão da 3ª. Vara da Fazenda Pública.

Leia o acórdão

Leia mais

Ulterior condenação penal refletiu na perda de objeto de Habeas Corpus, diz desembargadora do TJAM

Habeas Corpus é ação de natureza constitucional cuja finalidade é obter ordem para que se evite constrangimento ilegal ao direito de liberdade ou que...

Em Manaus, acusado de desvio de mais de um milhão de reais do SICOOB mantém preventiva decretada

Ao ser investigado pela autoridade policial pela prática dos delitos de associação criminosa voltada para a prática de furtos sobreveio a prisão preventiva de...

Mais Lidas

Últimas

Lewandowski suspende normas que permitem empreendimentos em cavernas

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu dispositivos do Decreto 10.935/2022, que altera a legislação de...

Ulterior condenação penal refletiu na perda de objeto de Habeas Corpus, diz desembargadora do TJAM

Habeas Corpus é ação de natureza constitucional cuja finalidade é obter ordem para que se evite constrangimento ilegal ao...

OAB-AM divulga edital para projeto arquitetônico do clube dos advogados na Av. Efigênio Sales

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB-AM) divulgou na terça-feira (19/01) o edital para o concurso de...

TJAM lança editais de remoção para quatro Varas da Comarca de Manaus

O presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, desembargador Domingos Chalub, divulgou quatro editais para preenchimento de vagas por...