Para o MPAM, não é tolerável saída antecipada de preso em regime fechado

Para o MPAM, não é tolerável saída antecipada de preso em regime fechado

O Ministério Público do Estado do Amazonas, por meio da Promotora de Justiça Elizandra Leite Guedes de Lira insurgiu-se contra a decisão do magistrado da Vara de Execuções Penais que concedeu ao preso em regime fechado Janderson Souza Barros a saída antecipada do sistema prisional com base na Recomendação nº 62 de 17/03/2020 do CNJ. Para a Promotora de Justiça a decisão do juiz ‘esvazia a condição humana dos envolvidos na persecução penal ao quebrar a justa expectativa advinda do cumprimento das normas jurídicas da nação, a destacar a noção de crime e noção de uma reprimenda respectiva’. O recurso de agravo de execução penal subiu ao Tribunal de Justiça e foi examinado ante a Segunda Câmara Criminal com relatoria de Jorge Manoel Lopes Lins, que acolheu as razões do Ministério Público e determinou a revogação da medida, por entender que a decisão agravada fundamentou-se apenas em “estados de coisas inconstitucionais”, sem análise concreta da causa.

A Recomendação nº 62/2020 do CNJ- Conselho Nacional de Justiça recomendou aos Tribunais e Magistrados  a adoção de medidas preventivas à propagação da infeção pelo novo corona vírus – Covid 19 no âmbito de justiça penal e socioeducativos. A recomendação visou a garantia da ordem interna e segurança dos presídios ante a infecção. 

Com base no artigo 5º de referida Recomendação, ficaram os magistrados com competência em execução penal visando a redução dos riscos epidemiológicos realizar a concessão de saída antecipada dos regimes fechados em relação às mulheres gestantes, lactantes, mães ou pessoas responsáveis por criança de até 12 anos, idosos, indígenas, deficientes, e outros. 

Para o Ministério Público e o Tribunal de Justiça que deu provimento ao recurso de agravo em execução penal, a decisão reformada fundamentou-se apenas em ‘estado de coisas inconstitucionais’, deixando de analisar dados concretos do caso. “Destarte, conclui-se que, além da ausência dos requisitos legais para a progressão de regime na forma do artigo 112 da Lei de Execução Penal, inexistem circunstâncias excepcionais aptas a ensejar ao deferimento da medida”. 

Lei o acórdão

Leia mais

No Amazonas, beijos na boca de criança sugerem estupro de vulnerável e não importunação sexual

Pedro Silva de Braga foi denunciado pelo Ministério Público de São Gabriel da Cachoeira pela prática do crime de estupro de vulnerável porque praticou...

Surdez unilateral não concede vaga em concurso a pessoa com deficiência no Amazonas

O portador de surdez unilateral não se qualifica como pessoa com deficiência para o fim de disputar as vagas reservadas em concursos públicos assim...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Professora de Manaus ganha direito a indenização por contrato temporário que excede prazo de 2 anos

Nos autos do processo nº 0665343-39.2019.8.04.0001 que tramitou na...

Gratificação de motorista de viatura Militar no Amazonas se aplica ao soldo, decide Tribunal

Nos autos do processo nº 0244691-47.2011, em julgamento de...

Últimas

Em Santa Catarina, homem é condenado por desacato ao ofender enfermeira através das redes sociais

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina condenou um homem a seis meses de detenção, em regime semiaberto, por...

Dano moral a mulher que, barrada na alfândega por Covid, teve mala extraviada em Roma

Uma mulher que teve sua bagagem extraviada após não conseguir entrar na Itália, em face das restrições impostas pela...

Conselheiro do TCE-AM vai ministrar palestra em curso promovido pelo TJAM

O conselheiro-ouvidor do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), Érico Desterro, participará do ciclo de palestras promovido pela Escola...

No Amazonas, beijos na boca de criança sugerem estupro de vulnerável e não importunação sexual

Pedro Silva de Braga foi denunciado pelo Ministério Público de São Gabriel da Cachoeira pela prática do crime de...