TJAM prestigia posse do juiz Marcelo Vieira como membro efetivo do TRE/AM para o biênio 2021/2023

TJAM prestigia posse do juiz Marcelo Vieira como membro efetivo do TRE/AM para o biênio 2021/2023

O desembargador Lafayette Carneiro Vieira Júnior representou o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) na manhã desta quinta-feira (14/10) na sessão solene realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AM) para empossar o juiz Marcelo Manuel da Costa Vieira como membro efetivo daquela Corte, em vaga destinada a magistrado/juiz de direito.

Titular da 8.ª Vara do Juizado Especial Cível da Comarca de Manaus, o juiz Marcelo Vieira irá integrar o colegiado eleitoral no biênio 2021-2023, substituindo o juiz Marco Antonio Pinto da Costa, que terminou seu segundo biênio de atuação como membro do TRE/AM na última segunda-feira (11).

Vieira foi escolhido para a função em votação realizada pelo Pleno do TJAM, no dia 28 de setembro, obtendo 12 votos. Natural de Manaus, é graduado em Direito pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e pós-graduado em Processo Civil pela mesma instituição. Ingressou na magistratura amazonense em 1995 e, além de titular do 8.ª JEC, também integra a Primeira Turma Recursal do TJAM.

O magistrado comentou sobre a alegria de ter sido empossado para o cargo, após exercer várias atividades na Justiça Eleitoral. “Estou assumindo essa nova função com muita alegria e, também, na expectativa do que se avizinha: as eleições gerais de 2022, que serão mais um grande desafio. Já passei por várias funções aqui na Justiça Eleitoral: fui presidente do pleito em 2018; juiz da Propaganda, em 2016; diretor-geral desta Casa; técnico judiciário do quadro efetivo, antes de assumir a magistratura. Como juiz, coordenei as eleições em vários municípios do interior. Este é, portanto, um momento de grande importância, de grande felicidade para mim e vou empenhar-me para corresponder todo o aval que me foi dado pelo Tribunal de Justiça”, disse o juiz Marcelo Vieira.

O desembargador Lafayette Carneiro Vieira Júnior, que é irmão do juiz Marcelo e representou o TJAM na solenidade, desejou êxito ao novo membro da Corte Eleitoral. “É uma honra ver mais uma vitória do meu irmão, e desejo que ele tenha uma profíqua participação aqui no TRE, que ele consiga fazer neste Tribunal um trabalho tão elogiado como o que já realiza no Juizado Especial Cível do qual é titular”, disse Lafayette.

A cerimônia também teve a presença do desembargador aposentado Lafayette Carneiro Vieira, pai do juiz Marcelo Vieira, que comentou sobre a emoção de voltar ao TRE para participar da posse do filho. “Estamos aqui no TRE depois de um longo e tenebroso inverno, após ter me aposentado. Realmente nem posso dizer que é inverno: são primaveras sempre em minha vida e, agora, tendo a satisfação imensa, a honra de assistir à posse do meu filho Marcelo como membro do Tribunal Eleitoral, um tribunal que eu muito amei e ainda amo”, afirmou o magistrado.

Fonte: Asscom TJAM

Leia mais

Provado o latrocínio tentado com o testemunho da vítima do assalto, mantém-se condenação em Manaus

Bruno Tafaréu Gonçalves Figueiredo foi condenado ante a 6ª. Vara Criminal de Manaus por haver tentado a subtração de coisa alheia móvel mediante violência...

Confusão de fundamentos jurídicos impedem conhecimento de Reclamação Constitucional pelo TJAM

Em reclamação constitucional proposta por Maria Ocilene Sena Cruz contra a Segunda Turma Recursal do Juizado Especial Cível do Amazonas, a autora indicou descumprimento...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Professora de Manaus ganha direito a indenização por contrato temporário que excede prazo de 2 anos

Nos autos do processo nº 0665343-39.2019.8.04.0001 que tramitou na...

Gratificação de motorista de viatura Militar no Amazonas se aplica ao soldo, decide Tribunal

Nos autos do processo nº 0244691-47.2011, em julgamento de...

Últimas

TST reconhece natureza salarial do direito de imagem de jogador do Coritiba Foot Ball Club

A Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) do Tribunal Superior do Trabalho reconheceu a natureza salarial da parcela...

TST decide que causas múltiplas de lesão na coluna não afastam direito de empregado à estabilidade

A Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho reconheceu o direito de um auxiliar de produção despedido pela Cimento...

STJ confirma corte de candidata cotista por comissão formada após homologação do concurso

Por considerar válida a aferição das características dos candidatos em cota racial realizada quatro anos após a publicação do...

Provado o latrocínio tentado com o testemunho da vítima do assalto, mantém-se condenação em Manaus

Bruno Tafaréu Gonçalves Figueiredo foi condenado ante a 6ª. Vara Criminal de Manaus por haver tentado a subtração de...