Ser o chefe do grupo de associação voltada para o tráfico de drogas mantém preventiva diz STJ

Ser o chefe do grupo de associação voltada para o tráfico de drogas mantém preventiva diz STJ

O Superior Tribunal de Justiça em agravo regimental no Recurso Ordinário de Habeas Corpus  por Tráfico de Drogas e Associação para o mesmo fim invocou a garantia da ordem pública ante a necessidade de interromper o ciclo delitivo de agente que seria o líder do grupo criminoso. Nessa circunstância peculiar é inafastável a prisão preventiva pois em liberdade o agente do delito se constitui um perigo ao ordenamento público, frisou o Ministro Antonio Saldanha Palheiro, da Sexta do Superior Tribunal de Justiça.

Consoante a decisão, firmou que a necessidade de interrupção do ciclo delito de associações e organizações criminosas, na forma como a identificada no julgamento, constitui-se em fundamento idôneo para se entender que a hipótese deva afastar a concessão de medidas cautelares diversas da prisão.

Comprovou-se no processo examinado que a associação criminosa movimenta “cerca de R$ 300.000,00 ao mês com a venda de aproximadamente 40 mil microcubos de cocaína e   20 mil porções de maconha”. Medidas cautelares seriam insuficientes e inadequadas para a substituição da prisão provisória, então decretada, fundamentou o Ministro Relator. 

A decisão se encontra no RHC 147.891/SP, julgado em 19/10/2021. No caso, o Habeas Corpus teve mantida sua denegação, com a vigência da prisão preventiva decretada, reconhecendo-se a relevante participação na associação criminosa voltada para o tráfico de drogas, mormente pela circunstância de que o paciente foi apontado como o “chefe” do grupo de acordo com a inicial acusatória.

Leia mais

Réus condenados em Operação Espinhel em Manaus têm penas redimensionadas em recurso

Denys Farias Campos e Leidiane Coelho Maciel que foram condenados pela juíza da 2ª. Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Substâncias...

Tráfico de drogas apurado por telefone dispensa apreensão do material entorpecente, diz TJ/Amazonas

Basta que um dos 18 núcleos verbais descritos no artigo 33, caput, da Lei 11.343/2006 se evidencie com a prática do ilícito de tráfico...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Diagnóstico unilateral sobre medição de contadores pela Amazonas Energia é vexatório a consumidor

A concessionária de energia elétrica Amazonas Energia não pode...

Homem que ofereceu carona e estuprou adolescente a caminho da escola em Barreirinha-Am é condenado

Nos autos do processo nº0000395-28.2018.8.04.2700, Josinaldo Souza Teixeira recorreu...

Últimas

Ministro Barroso libera concurso para cargos vagos em estados e municípios em recuperação fiscal

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), deferiu parcialmente liminar para permitir a realização de concurso...

Fotógrafo que abusava de mulheres durante ensaios é condenado em Florianópolis

O juízo da 4ª Vara Criminal da Comarca da Capital sentenciou um fotógrafo que praticava atos libidinosos contra mulheres...

TCE-AM julgará contas de Arthur Virgílio e Wilson Lima na próxima semana

O Pleno do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) julgará as contas do ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto,...

Aeronautas aceitam proposta do TST e suspendem greve anunciada para esta segunda-feira (29)

O Sindicato Nacional dos Aeroviários aceitou, neste sábado (27), a proposta apresentada pelo ministro Agra Belmonte, do Tribunal Superior...