Em Tefé (AM), Projeto Árvore Encantada arrecada quase 400 brinquedos para crianças do município

Em Tefé (AM), Projeto Árvore Encantada arrecada quase 400 brinquedos para crianças do município

Quase 400 brinquedos foram arrecadados para beneficiar as crianças das escolas municipais das zonas urbana e rural do município de Tefé, no interior do Amazonas, por meio do “Projeto Árvore Encantada”, desenvolvido pela Coordenadoria da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Amazonas (Coij/TJAM), com apoio de todos os profissionais do Judiciário estadual.

A ação em Tefé foi realizada pela 2.ª Vara da Comarca, conforme o juiz titular Rômulo Garcia Barros Silva, em parceria com o Ministério Público Estadual e a subseção da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Amazonas (OAB/AM), além de contar com o apoio do Instituto Federal do Amazonas (Ifam), do 3.º Batalhão da Polícia Militar, da Defesa Civil e da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

O projeto é realizado em Manaus desde 2014 e mais recentemente passou a ser levado também para municípios do interior. Nessa atividade, as crianças que estão em abrigos em razão de situações de risco e vulnerabilidade social, enviam cartinhas ao “papai Noel”, explicando o que querem ganhar de presente de Natal. Essas cartas são “adotadas” pelos servidores e servidoras, magistrados e magistradas, estagiários e estagiárias, colaboradores e colaboradoras do Tribunal de Justiça. E em dezembro os presentes são entregues aos destinatários.

No caso específico de Tefé, as crianças das escolas públicas que funcionam tanto na área urbana quanto na zona rural do Município é que foram as beneficiadas pelo projeto. “A ação recebeu as cartas de alunos das escolas municipais e resultou em quase 400 brinquedos arrecadados, doados pela sociedade tefeense, não apenas pelos profissionais da Comarca e foram distribuídos nos dias 17, 18 e 20 deste mês. Uma atividade que desenvolvemos com muita dedicação e alegria, por poder compartilhar algo que vai muito além do nosso dia a dia, que é a esperança, tanto em dias melhores, quanto na transformação de vidas”, comentou o juiz Rômulo Garcia.

Na zona rural, os presentes foram entregues no sábado, dia 18/12, aos estudantes das escolas São Francisco e Caminho do Saber, localizadas na estrada da Emade, quilômetros 4 e 10, respectivamente.

No perímetro urbano, os contemplados foram os alunos das escolas Walter Cabral, Dorotéia e Nossa Senhora de Fátima, que receberam os brinquedos nos dias 17 e 20 deste mês. Nas visitas estavam o juiz e servidores da 2.ª Vara da Comarca de Tefé, além de representantes do MPE.

Fonte: Asscom TJAM

Leia mais

Trabalho informal não retira de idoso no Amazonas direito de receber benefício do INSS

Em ação que objetivou a concessão de benefício social regulado pelo LOAS - Lei Orgânica da Assistência Social, o idoso Waldir Rebelo de Moraes,...

Intranquilidade e instabilidade social causadas pelo crime impõe prisão preventiva, fixa TJAM

O fato do agente do crime ostentar maus antecedentes, reincidência, atos infracionais pretéritos, inquéritos ou mesmo ações penais em curso demonstram não apenas o...

Mais Lidas

Últimas

Trabalho informal não retira de idoso no Amazonas direito de receber benefício do INSS

Em ação que objetivou a concessão de benefício social regulado pelo LOAS - Lei Orgânica da Assistência Social, o...

Vacinação de crianças é garantia constitucional, diz conselheiro do CNJ

A garantia constitucional dos direitos fundamentais de crianças e adolescentes, incluindo o direito à vacinação contra a Covid-19, será...

Órfãos de vítimas de feminicídio têm apoio da Defensoria Pública no Amazonas

Em 2017, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) concluiu que o Amazonas era o terceiro estado com maior proporção...

Intranquilidade e instabilidade social causadas pelo crime impõe prisão preventiva, fixa TJAM

O fato do agente do crime ostentar maus antecedentes, reincidência, atos infracionais pretéritos, inquéritos ou mesmo ações penais em...