Em SC, juiz aceita denúncia contra motorista envolvido em acidente que matou criança e médico

Em SC, juiz aceita denúncia contra motorista envolvido em acidente que matou criança e médico

O juiz substituto Fernando Curi, em atuação na 2ª Vara da comarca de Rio Negrinho, aceitou denúncia do Ministério Público em relação ao motorista que dirigia embriagado e provocou um acidente de trânsito no final do ano passado, quando provocou a morte de duas pessoas, entre elas uma menina de apenas cinco anos, no quilômetro 134 da BR-280, próximo ao trevo da Battistella.

Na decisão, o magistrado esclarece que o feito, doravante, seguirá o rito dos processos de competência do Tribunal do Júri. O acusado, após o recebimento da denúncia, passa à condição de réu e começa a responder ao processo judicial.

O acidente

O acidente ocorreu no dia 19 de dezembro e envolveu dois carros, um com placas de Joinville, e outro de São Bento do Sul. A colisão vitimou primeiramente uma menina de cinco anos, que chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. Ela viajava com a família no veículo de Joinville. Já um passageiro do outro veículo, apontado como responsável pelo acidente, médico veterinário de profissão, morreu no dia 27 de dezembro, após ficar uma semana em internação hospitalar.

Indícios apontam que o veículo conduzido pelo réu, com placas de São Bento do Sul, teria invadido a pista na contramão e provocado a colisão. O teste de etilômetro indicou que ele estava embriagado. Desde então o motorista está recolhido ao Presídio Regional de Mafra. O processo segue em segredo de justiça (Autos 5004029-62.2021.8.24.0055).

Fonte: Asscom TJSC

Leia mais

Liminar suspende execução de Medição Centralizada da Amazonas Energia

A circunstância de que seja concessionária de serviço público, especialmente na prestação de produto essencial de energia elétrica  da Amazonas Energia, e, na conclusão...

A concessão de Habeas Corpus de ofício pelo TJ/Amazonas exige flagrante ilegalidade na prisão

A concessão de Habeas Corpus de ofício pelo Tribunal exige que seja constatada a flagrante ilegalidade na constrição cautelar daquele que foi privado de...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

TJAM: União Estável proporciona direito a pensão por morte do companheiro sobrevivente

Em matéria de direito previdenciário nos autos do processo...

Diagnóstico unilateral sobre medição de contadores pela Amazonas Energia é vexatório a consumidor

A concessionária de energia elétrica Amazonas Energia não pode...

Últimas

TRF1 diz que cabe ao Poder Público o fornecimento de insumos para terapia com óleo de Cannabis

Óleo derivado da Cannabis deve ser fornecido pelo Poder Público em terapia de uma paciente acometida de doença neurodegenerativa...

Bolsonaro deve se defender em 2 dias da acusação de ter feito campanha antecipada

Na última segunda-feira (17/1), o ministro Alexandre de Moraes, na condição de membro do Tribunal Superior Eleitoral, determinou a citação do...

Em Goiás, mulher que encontrou corpo estranho em molho de tomate será indenizada

Goiás  - O juiz Carlos Gustavo Fernandes de Morais, do Juizado Especial Cível da comarca de Luziânia-GO, condenou a...

Vítima de acidente de trânsito no DF deverá ser indenizada por danos materiais e morais

Distrito FederalJuiz do 1º Juizado Especial Cível de Taguatinga condenou a proprietária e o condutor de um veículo e...