DPE-AM apura falhas nos serviços de telefonia e internet em oito municípios do Amazonas

DPE-AM apura falhas nos serviços de telefonia e internet em oito municípios do Amazonas

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) no Polo do Médio Solimões instaurou um procedimento para apurar as constantes falhas nos serviços de telefonia e internet prestados pelas concessionárias Claro, Vivo, Tim e Oi nos municípios de Tefé, Maraã, Juruá, Uarini, Alvarães, Jutaí, Fonte Boa e Japurá. Os serviços estariam sendo prestados em desconformidade com as normativas vigentes, conforme denúncias feitas pela população.

A medida foi instaurada por meio de Procedimento para Apuração de Dano Coletivo (Padac) na quarta-feira (16). O Padac viabilizará o encaminhamento das informações, solicitações e questionamentos sobre o problema de forma centralizada. O Polo do Médio Solimões determinou a notificação das concessionárias dos serviços de telefonia e internet e solicitou para que se manifestem sobre as denúncias de indisponibilidade e grande oscilação nos serviços ofertados, uma vez que as falhas estariam ocasionando sérios problemas aos consumidores.

Conforme o Padac, a ausência de resposta à notificação e apresentação de soluções efetivas para a população interessada poderá ocasionar o ajuizamento de uma ação coletiva. A portaria de instauração do procedimento é assinada pelas defensoras públicas Flávia Araújo e Márcia Mileni e pelos defensores públicos Lucas Matos e Luiz Gustavo Cardoso.

A ação considera, entre outros pontos, que, em contexto de pandemia e de imposição de isolamento social, o acesso à telefonia e à internet assumem papel ainda mais crucial não só na preservação da renda das pessoas, mas também na própria saúde mental da população.

Outro ponto considerado no procedimento foram os pedidos de informações feitos em ofícios para à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Os pedidos incluem informações técnicas referentes aos serviços de telefonia móvel e de internet prestados pelas empresas Claro, Vivo, Tim e Oi nos municípios de Tefé, Maraã, Juruá, Uarini, Alvarães, Jutaí, Fonte Boa e Japurá, no período de março de 2020 e abril de 2021. De igual forma, considera dados de fiscalização com os indicadores de taxa de conexão e desconexão de dados 2G, 3G e 4G, além de taxa de conexão e desconexão de voz.

Fonte: DPE/AM

Leia mais

Provado o latrocínio tentado com o testemunho da vítima do assalto, mantém-se condenação em Manaus

Bruno Tafaréu Gonçalves Figueiredo foi condenado ante a 6ª. Vara Criminal de Manaus por haver tentado a subtração de coisa alheia móvel mediante violência...

Confusão de fundamentos jurídicos impedem conhecimento de Reclamação Constitucional pelo TJAM

Em reclamação constitucional proposta por Maria Ocilene Sena Cruz contra a Segunda Turma Recursal do Juizado Especial Cível do Amazonas, a autora indicou descumprimento...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Professora de Manaus ganha direito a indenização por contrato temporário que excede prazo de 2 anos

Nos autos do processo nº 0665343-39.2019.8.04.0001 que tramitou na...

Gratificação de motorista de viatura Militar no Amazonas se aplica ao soldo, decide Tribunal

Nos autos do processo nº 0244691-47.2011, em julgamento de...

Últimas

Provado o latrocínio tentado com o testemunho da vítima do assalto, mantém-se condenação em Manaus

Bruno Tafaréu Gonçalves Figueiredo foi condenado ante a 6ª. Vara Criminal de Manaus por haver tentado a subtração de...

Confusão de fundamentos jurídicos impedem conhecimento de Reclamação Constitucional pelo TJAM

Em reclamação constitucional proposta por Maria Ocilene Sena Cruz contra a Segunda Turma Recursal do Juizado Especial Cível do...

Município de Coari deve indenizar servidor em R$5.000 reais por não pagamento de remuneração mensal

Em ação movida por Líbio Brasileiro Júnior contra a Prefeitura Municipal de Coari, no Estado do Amazonas, o servidor...

Não há impedimento de acesso à leitura da energia em Manaus se o consumidor não é comunicado

A alegação pela Amazonas Energia de que fora impedida de fazer a leitura do consumo de energia na unidade...