TJAM mantém condenação penal e afasta tese de culpa exclusiva da vítima com morte em trânsito

TJAM mantém condenação penal e afasta tese de culpa exclusiva da vítima com morte em trânsito

Ely Freitas Paixão e Silva apelou de sentença penal que condenou a pena privativa de liberdade por ter dado causa à resultados definidos como crimes no Código de Trânsito Brasileiro quando estava na condução de veículo automotor, causando a morte de ciclista e também lesões corporais em pessoa que estava na garupa da bicicleta, alegando que houve culpa exclusiva das vítimas, não incorrendo em erro na condução do automóvel, porque houve o aparecimento súbito do ciclista, e que, o acidente não poderia ser previsto nessas circunstâncias para evitar o atropelamento. O desembargador relator José Hamilton Saraiva dos Santos, negou acolhida ao recurso, concluindo que a culpa do acusado na ação penal restou configurada face a ausência do dever de cuidado, revelando a imprudência do motorista, mantendo a condenação ao tempo em que reconheceu que a dosimetria da pena deveria ser de um sexto em face do concurso com o crime de lesão corporal resultante na vítima da garupa.

Segundo o acórdão “restou demonstrado que o recorrente agiu com imprudência ao deixar de observar o dever de cuidado inerente a qualquer motorista ao efetuar manobra, invadindo a faixa de rolamento preferencial sem se atentar aos veículos que nela trafegavam, vindo a interceptar a trajetória de motocicleta e causar o óbito de seu condutor e lesões corporais no garupa”.

“Incabível albergar a tese da culpa exclusiva da vítima, na medida em que o apelante, sem adotar a atenção necessária na condução do veículo realizou sucessivas manobras de mudança de faixa e tentativa de retorno, quando as condições do tráfego lhes eram impróprias, foi o causador do acidente que ceifou a vida de uma vítima e lesionou a outra”.

“Conquanto o apelante sustente a existência de contribuição da vítima para o acidente, ao argumento de que a vítima não era habilitada, possuía multas pelo cometimento de diversas infrações, e que empregava excesso de velocidade, reitera-se que o acidente não ocorreu por culpa exclusiva da vítima ao contrário do que alega a defesa”.

Leia o acórdão

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Baixar arquivo [187.14 KB]

Leia mais

No Amazonas, beijos na boca de criança sugerem estupro de vulnerável e não importunação sexual

Pedro Silva de Braga foi denunciado pelo Ministério Público de São Gabriel da Cachoeira pela prática do crime de estupro de vulnerável porque praticou...

Surdez unilateral não concede vaga em concurso a pessoa com deficiência no Amazonas

O portador de surdez unilateral não se qualifica como pessoa com deficiência para o fim de disputar as vagas reservadas em concursos públicos assim...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Professora de Manaus ganha direito a indenização por contrato temporário que excede prazo de 2 anos

Nos autos do processo nº 0665343-39.2019.8.04.0001 que tramitou na...

Gratificação de motorista de viatura Militar no Amazonas se aplica ao soldo, decide Tribunal

Nos autos do processo nº 0244691-47.2011, em julgamento de...

Últimas

Em Santa Catarina, homem é condenado por desacato ao ofender enfermeira através das redes sociais

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina condenou um homem a seis meses de detenção, em regime semiaberto, por...

Dano moral a mulher que, barrada na alfândega por Covid, teve mala extraviada em Roma

Uma mulher que teve sua bagagem extraviada após não conseguir entrar na Itália, em face das restrições impostas pela...

Conselheiro do TCE-AM vai ministrar palestra em curso promovido pelo TJAM

O conselheiro-ouvidor do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), Érico Desterro, participará do ciclo de palestras promovido pela Escola...

No Amazonas, beijos na boca de criança sugerem estupro de vulnerável e não importunação sexual

Pedro Silva de Braga foi denunciado pelo Ministério Público de São Gabriel da Cachoeira pela prática do crime de...