Justiça do Amazonas decide que servidor temporário tem direito a FGTS

Justiça do Amazonas decide que servidor temporário tem direito a FGTS

Havendo sucessivas prorrogações de contrato temporário de servidor público pelo ente municipal, o funcionário tem direito ao recebimento do FGTS.

A primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Amazonas decidiu que havendo a inobservância da regra do concurso público, o servidor temporário que teve prorrogado sucessivamente seu contrato pelo ente público municipal terá direito ao recebimento do FGTS.

A decisão foi dada em face de Apelação interposta contra a decisão do juiz da 3ª Vara de Parintins/AM, no processo n° 0000194-97.2018.8.04.6301ª, sendo examinada pelo Tribunal que conheceu do recurso e acolheu — deu-lhe provimento. —

Foi relatora a desembargadora Maria das Graças Figueiredo, que, em seu voto, seguido pelos demais juízes da Corte, fez reconhecer que: “a Constituição Federal dispõe que a investidura em cargos públicos se dá por meio de aprovação em concurso público, sendo, a sua exceção os cargos em comissão e se o contrato sofre sucessivas prorrogações, evidencia-se uma inobservância a regra do art. 37 da CF”.

O recurso de apelação provido pelo Tribunal foi contrário ao parecer do Ministério Público.

Leia aqui o ácórdão

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Baixar arquivo [76.46 KB]

Fonte: TJAM

Leia mais

Provado o latrocínio tentado com o testemunho da vítima do assalto, mantém-se condenação em Manaus

Bruno Tafaréu Gonçalves Figueiredo foi condenado ante a 6ª. Vara Criminal de Manaus por haver tentado a subtração de coisa alheia móvel mediante violência...

Confusão de fundamentos jurídicos impedem conhecimento de Reclamação Constitucional pelo TJAM

Em reclamação constitucional proposta por Maria Ocilene Sena Cruz contra a Segunda Turma Recursal do Juizado Especial Cível do Amazonas, a autora indicou descumprimento...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Professora de Manaus ganha direito a indenização por contrato temporário que excede prazo de 2 anos

Nos autos do processo nº 0665343-39.2019.8.04.0001 que tramitou na...

Gratificação de motorista de viatura Militar no Amazonas se aplica ao soldo, decide Tribunal

Nos autos do processo nº 0244691-47.2011, em julgamento de...

Últimas

Provado o latrocínio tentado com o testemunho da vítima do assalto, mantém-se condenação em Manaus

Bruno Tafaréu Gonçalves Figueiredo foi condenado ante a 6ª. Vara Criminal de Manaus por haver tentado a subtração de...

Confusão de fundamentos jurídicos impedem conhecimento de Reclamação Constitucional pelo TJAM

Em reclamação constitucional proposta por Maria Ocilene Sena Cruz contra a Segunda Turma Recursal do Juizado Especial Cível do...

Município de Coari deve indenizar servidor em R$5.000 reais por não pagamento de remuneração mensal

Em ação movida por Líbio Brasileiro Júnior contra a Prefeitura Municipal de Coari, no Estado do Amazonas, o servidor...

Não há impedimento de acesso à leitura da energia em Manaus se o consumidor não é comunicado

A alegação pela Amazonas Energia de que fora impedida de fazer a leitura do consumo de energia na unidade...