Não cabe tentativa quando há flagrante em crime de roubo com vítima em poder do agente, diz TJAM

Não cabe tentativa quando há flagrante em crime de roubo com vítima em poder do agente, diz TJAM

 Nos autos da ação penal nº 0764872-94.2020.8.04.0001 Francinei Borges Ribeiro foi acusado pelo delito de roubo agravado pela circunstância de que a vítima do crime foi mantida em poder dos assaltantes, que teriam restringido sua liberdade. A denúncia relata que houve intervenção policial, com a prisão em flagrante do Recorrente Francinei, que, não se conformando com a condenação lavrada ante a 5ª. Vara Criminal, apelou da sentença, alegando que o fato de ter sido preso praticando a infração penal impediu a consumação do crime, pedindo abrandamento da pena ante a causa especial de diminuição pela tentativa, pois  o crime não se consumou por circunstâncias alheias a sua vontade, face à prisão, merecendo, ante sua ótica, a reforma da sentença condenatória. O recurso foi rejeitado pela Relatora Vânia Maria Marques Marinho. 

Conforme consta no decisão, no roubo majorado pelo concurso de pessoas e a restrição da liberdade da vítima, é impossível reconhecer a modalidade tentada, pois o crime se consumou com a mera inversa da posse da res furtiva, o que é corroborado pela Súmula 528 do Superior Tribunal de Justiça.

“O Réu interpôs Recurso de Apelação, objetivando a reforma da sentença proferida pelo r. Juízo a quo, a fim de que seja reconhecida a modalidade tentada do delito em comento, por considerar que a intervenção policial impediu a consumação do crime de roubo”, frisou a Relatora. 

“Contudo, da detida análise do caderno processual, vislumbra-se a efetiva inversão da posse da res furtiva, de modo que não há que se falar em aplicação do artigo 14, II, do Código Penal, ainda que os acusados não tenham assumido a posse mansa e pacífico do bem, nos termos da Súmula nº 528 do Superior Tribunal de Justiça”.

Leia o acórdão

Leia mais

Liminar suspende execução de Medição Centralizada da Amazonas Energia

A circunstância de que seja concessionária de serviço público, especialmente na prestação de produto essencial de energia elétrica  da Amazonas Energia, e, na conclusão...

A concessão de Habeas Corpus de ofício pelo TJ/Amazonas exige flagrante ilegalidade na prisão

A concessão de Habeas Corpus de ofício pelo Tribunal exige que seja constatada a flagrante ilegalidade na constrição cautelar daquele que foi privado de...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

TJAM: União Estável proporciona direito a pensão por morte do companheiro sobrevivente

Em matéria de direito previdenciário nos autos do processo...

Diagnóstico unilateral sobre medição de contadores pela Amazonas Energia é vexatório a consumidor

A concessionária de energia elétrica Amazonas Energia não pode...

Últimas

TRF1 diz que cabe ao Poder Público o fornecimento de insumos para terapia com óleo de Cannabis

Óleo derivado da Cannabis deve ser fornecido pelo Poder Público em terapia de uma paciente acometida de doença neurodegenerativa...

Bolsonaro deve se defender em 2 dias da acusação de ter feito campanha antecipada

Na última segunda-feira (17/1), o ministro Alexandre de Moraes, na condição de membro do Tribunal Superior Eleitoral, determinou a citação do...

Em Goiás, mulher que encontrou corpo estranho em molho de tomate será indenizada

Goiás  - O juiz Carlos Gustavo Fernandes de Morais, do Juizado Especial Cível da comarca de Luziânia-GO, condenou a...

Vítima de acidente de trânsito no DF deverá ser indenizada por danos materiais e morais

Distrito FederalJuiz do 1º Juizado Especial Cível de Taguatinga condenou a proprietária e o condutor de um veículo e...