Interposição de recurso exige cumprir prazos explica desembargadora do Amazonas

Interposição de recurso exige cumprir prazos explica desembargadora do Amazonas

Quando se cuida de prazos para a prática de atos de advogado constituído em processo, estes devem ser observados pelas partes e interessados para a regular tramitação processual.

Na Apelação Cível do processo n° 0634222-27.2018, a relatora Joana dos Santos Meirelles, da 11ª Vara Cível e Acidentes de Trabalho ao analisar o caderno processual, verificou que o recurso impetrado pelo apelante, fora maculado pela intempestividade — quando é ofertado fora do prazo— no caso em questão, de 15 dias.

A relatora entendeu que não merece ser acolhido o recurso, visto que no processo haviam três advogadas constituídas em procuração, e que muito embora uma delas estivesse enferma, pois contraiu o Corona vírus, ainda teriam outras duas advogadas.

Acrescentou ainda, que todos os atos processuais são efetuados eletronicamente, de modo que não há justificativas para aceitar o recurso fora do prazo. 

Destacou ainda que enquanto não for apresentado o pedido de substabelecimento sem reserva de poderes nos autos — modalidade em que exige prévio conhecimento do cliente — , todos os patronos continuam responsáveis pela ação, bem como todos responderão da mesma forma pelos danos causados aos clientes, seja na esfera cível ou disciplinar, perante a OAB.

Com base nesses fundamentos, a relatora negou conhecimento ao recurso, face ao não cumprimento de pressuposto processual, por sua intempestividade.

Veja o teor da decisão.

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Baixar arquivo [208.08 KB]

 

 

 

Leia mais

TJAM fixa que método bifásico deve ser usado na reparação de dano por morte de preso

Nos autos do processo nº 0698403-66.2020.8.04.0001, a Corte de Justiça do Amazonas concluiu que a morte de preso sob a custódia do Estado importa...

Licença para prêmio não gozado deve ser convertida em pecúnia, diz TJAM

O Tribunal de Justiça do Amazonas tem como pacífico o entendimento de que seja possível a conversão em pecúnia de licença prêmio não gozada...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Diagnóstico unilateral sobre medição de contadores pela Amazonas Energia é vexatório a consumidor

A concessionária de energia elétrica Amazonas Energia não pode...

Homem que ofereceu carona e estuprou adolescente a caminho da escola em Barreirinha-Am é condenado

Nos autos do processo nº0000395-28.2018.8.04.2700, Josinaldo Souza Teixeira recorreu...

Últimas

Juiz deve ser flexível com exigência do laudo médico para ação de interdição, diz STJ

A função do laudo médico exigido para ajuizamento da ação de interdição é fornecer indícios da plausibilidade do pedido...

Pleno do TCE-AM julga contas de Arthur Virgílio Neto e outros 98 processos nesta quinta-feira (9)

O Pleno do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) se reúne em sessão especial nesta quinta-feira (9), às 9h,...

Cejusc Cível realiza mutirão para instrução processual em ações previdenciárias em Itacoatiara

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), por meio do Centro Judiciário de Solução de Conflitos (Cejusc Cível) está...

STF confirma competência da justiça estadual para julgar empresário por corrupção ativa

Por maioria de votos, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) declarou a competência da primeira instância da...