Habeas Corpus é concedido pelo TJAM por não se comprovar risco à instrução criminal

Habeas Corpus é concedido pelo TJAM por não se comprovar risco à instrução criminal

A Defensoria Pública do Amazonas impetrou Habeas Corpus em favor de Zenaide Rodrigues Belém nos autos do processo 4003226-25.2021.8.04.0000 que foi apreciado e julgado sob a relatoria do Desembargador João Mauro Bessa. A acusada, se encontrava presa por tentativa de homicídio, sendo-lhe concedida ordem de habeas corpus por se concluir que, concretamente, o magistrado levado à condição de autoridade coatora, não conseguiu demonstrar em sua decisão fundamentos que revelassem, de maneira adequada, que a  paciente em liberdade representaria risco à garantia da ordem pública, à conveniência da instrução criminal ou a aplicação da lei penal. Para o relator, a gravidade em abstrato do crime contra a vida definido em lei, por si só, não respalda a prisão ou a continuação dessa prisão e tampouco, a manutenção do agente que cometeu o crime em cárcere, impondo-se a necessidade de se demonstrar que a ré em liberdade constitua um risco à instrução criminal ou à própria ordem legal.

O Defensor Público Eduardo César Rabello Ituassú descreveu na petição de habeas corpus que houve nulidade do auto de prisão em flagrante em razão de que o aprisionamento da paciente não fora comunicada a seus familiares. Neste aspecto, houve entendimento de que essa circunstância retratou apenas mera irregularidade, até porque já fora decretada a prisão preventiva da flagranteada. 

Não obstante, o cerne da questão se centrou no fato de que ao decretar a prisão preventiva, a autoridade coatora (juiz de primeiro grau de jurisdição) não fundamentou as razões que o convenciam a concluir sobre o perigo que a permanência da acusada em liberdade traria ao processo, não fundamento o porquê da prisão.

“No caso, não obstante sobressaia dos autos os indícios de autoria e a comprovação da materialidade do crime, não vislumbro no ato apontado como coator fundamentos idôneos a demonstrar o periculum libertatis, porquanto o magistrado a quo não apresentou fundamentos que revelassem, de maneira concreta, que a acusada, solta, representa risco à garantia da ordem pública, à conveniência da instrução criminal ou a aplicação da lei penal”.

Leia o acórdão

 

 

Leia mais

TJAM fixa que método bifásico deve ser usado na reparação de dano por morte de preso

Nos autos do processo nº 0698403-66.2020.8.04.0001, a Corte de Justiça do Amazonas concluiu que a morte de preso sob a custódia do Estado importa...

Licença para prêmio não gozado deve ser convertida em pecúnia, diz TJAM

O Tribunal de Justiça do Amazonas tem como pacífico o entendimento de que seja possível a conversão em pecúnia de licença prêmio não gozada...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Diagnóstico unilateral sobre medição de contadores pela Amazonas Energia é vexatório a consumidor

A concessionária de energia elétrica Amazonas Energia não pode...

Homem que ofereceu carona e estuprou adolescente a caminho da escola em Barreirinha-Am é condenado

Nos autos do processo nº0000395-28.2018.8.04.2700, Josinaldo Souza Teixeira recorreu...

Últimas

Ex-prefeito Cezar Schirmer falou pela primeira vez sobre o incêndio na boate kiss no RS

“'Falta mais gente no julgamento'. Faz 8 anos que ouço isso. É uma estratégia de defesa. Essa foi a...

No DF, app de entrega indenizará consumidora por cancelamento unilateral e extravio de encomenda

A 2ª Turma Recursal dos Juizados Especiais do DF manteve a sentença que condenou a Uber do Brasil Tecnologia...

Juiz deve ser flexível com exigência do laudo médico para ação de interdição, diz STJ

A função do laudo médico exigido para ajuizamento da ação de interdição é fornecer indícios da plausibilidade do pedido...

Pleno do TCE-AM julga contas de Arthur Virgílio Neto e outros 98 processos nesta quinta-feira (9)

O Pleno do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) se reúne em sessão especial nesta quinta-feira (9), às 9h,...